5 dias em São Petersburgo - Rússia

Catedral do Sangue Derramado - São Petersburgo
Catedral do Sangue Derramado - São Petersburgo

>> Introdução à São Petersburgo


Hey People!

Dando continuação à nossa aventura (e que aventura), nossa próxima parada foi São Petersburgo, na Rússia! Ficamos 5 dias nessa cidade encantadora, pena que a maior parte deles, com chuva, mas ainda assim deu para aproveitar muuuito! Muitas aventuras também porque a maioria (lê-se uns 95% da população) não fala inglês!!! É isso aí people... se vira na mímica e vamo que vamo!

Quer saber como foi? Só continuar lendo aqui.

Essa viagem é a continuação de Helsinki, na Finlândia. Para ler, clique aqui!

>> Checklist de St. Petersburgo

  • Moeda: Rublo (RUB)
  • Idioma: Russo
  • Fuso Horário: UTC+3:00

>> Como cheguei em St. Petersburgo? Onde fiquei? 

> Terrestre

Como eu contei para vocês no post de Como planejar uma viagem para Rússia, eu comprei as passagens pelo site Russian Trains e não foram baratas (em torno de US$280 para nós 2 só o trecho Helsinki para St. Petersburgo).

Quando estava em Moscow, conheci uma menina muito simpática e muito fofa que estuda russo e que me disse que comprou direto de um site russo e que inclusive não possui tradução, mas pagou muito mais barato - isso no trecho St. Petersburgo para Moscow, então acredito que no trecho Helsinki para St. Petersburgo seja o mesmo caso, mas enfim... foca...

Sapsan
Sapsan
Pegamos o trem às 20:00 e a viagem teve uma duração de 4 horas e meia. Foi mega super tranquila, exceto que em momento algum eles apagaram as luzes e de vez em quando vinha alguém falar com a gente. Primeiro da imigração da Finlândia e depois da imigração Russa. By the Way, a gente preenche um papel que é a nossa entrada no país (não pode perder!!!!!).

> Visto para Rússia


Se você tem dupla cidadania como eu e pensou que com o passaporte europeu seria tudo mais fácil, está enganado! O brasileiro que está querendo visitar a Rússia não precisa de visto. Isto se deve a um acordo entre esses 2 países! Ufa!

>Onde me hospedei em St. Petersburgo?

People, essa parte seria muito cômica se não fosse tão trágica... Chegamos no hotel 00:50 com o serviço da Lingotaxi que eu super recomendo e estava pontualmente esperando a gente na estação de trem e pagamos 1000RUB. Zero dor de cabeça e estresse! Eis que começa o problema....

O primeiro hotel que reservamos foi o Adagio on Isaakiyevskaya, que eu não sei se vocês se lembram, mas eu bookei ele por ser bem mais perto dos pontos turísticos. Quando cheguei em frente ao hotel eu não acreditei: era uma portinha no meio do nada... até aí "tranquilo" porque na descrição estava escrito que era de difícil acesso e que muitos hóspedes tiveram dificuldade de achar e nós não tivemos graças ao LingoTaxi. Quando entramos... tcharaaaaan: uma escadaria enorme (4 pavimentos) e ninguém para ajudar!!!

Adagio on Isaakiyevskaya
Adagio on Isaakiyevskaya

Adagio on Isaakiyevskaya
Adagio on Isaakiyevskaya

Pasmem: o hotel é essa portinha aí... e não tem escrito em lugar nenhum que tem essa escada desumana para subir com malas!!! Aproveitando para lembrar que minha mãe, apesar de ativa, é uma senhora de 66 anos! E isso ainda não foi o pior.... chegamos no hotel e... NÃO TINHA RESERVA! tcharaaaan again! A menina da recepção informou que houve um "mistake" e que não tinha reserva e não tinha vaga para todo o período!

Ficamos muito, mas muito brava e na mesma hora entrei no booking e reservei outro hotel, o Domina St. Petersburgo. Obviamente que foi muito mais caro (o dobro) e ainda tivemos que dormir uma noite naquele outro hotel sem a menina dar nem um desconto para gente... aliás, nem precisava desconto, somente um pedido de desculpas já ajudava. 


Dormimos uma noite nesse hotel e depois fomos no dia seguinte para o Domina St. Petersburgo, que foi um paraíso. Para uma lista completa dos hotéis de St. Petersburgo é só clicar aqui, só pelo amor dos deuses, não fiquem nesse primeiro pq é muita sofrência!

Domina St. Petersburgo
Domina St. Petersburgo

Domina St. Petersburgo
Domina St. Petersburgo
Quarto Domina St. Petersburgo
Quarto Domina St. Petersburgo

Quarto Domina St. Petersburgo
Quarto Domina St. Petersburgo

Quarto Domina St. Petersburgo
Quarto Domina St. Petersburgo
Enfim, passado esse susto e esse perrengue, o resto foi só alegria! Até academia tinha nesse hotel e eu corri na esteira vários dias... não corri na rua porque estava chovendo e frio, porque quem me conhece sabe que eu amo correr na chuva!

>> O que fazer em St. Petersburgo? Roteiro de 5 dias!

>1° dia em St. Petersburgo

Como já contei para vocês, acordamos em um hotel e trocamos para o outro e isso tudo levou quase uma manhã inteira. Após toda essa dor de cabeça, partimos para o abraço!
A primeira coisa que fizemos foi trocar dinheiro, pois ninguém (ou quase ninguém) aceita euro. A moça do hotel nos indicou um banco que estava com uma excelente cotação (na Rússia, as casas de câmbio são bancos): 68,30 RUB = 1 €. O banco foi o BBR e ficava pertinho do hotel, na rua Bolshaya Morskaya. 

Voltamos andando em direção à Catedral de São Isaac, mas antes passamos por uma fonte com um palácio atrás que era linda!

St. Petersburgo
St. Petersburgo
Fomos andando por esses jardins que tinham uns desenhos lindos, no Parque Aleksandrovsky (em russo: Александровский сад) 

Parque Aleksandrovsky
Parque Aleksandrovsky

Parque Aleksandrovsky
Parque Aleksandrovsky
Uma pausa para uma dica importantíssima: como praticamente ninguém fala inglês, levem SEMPRE o nome do lugar escrito em russo e em inglês. Isso ajudou muito a gente!!!

Continuando... nossa próxima parada foi uma das mais esperada pela minha mãe:

> St. Isaac Cathedral (Исаакиевский собор)

A Catedral de Santo Isaac não é comparável a quase nada que eu já tenha visto... é a segunda maior da Europa, só "perdendo" para o Vaticano além de ser a maior e mais suntuosa catedral ortodoxa da cidade. Ela foi construída entre 1818 e 1858 e dedicada ao padroeiro Pedro, o Grande. Tem um estilo predominantemente neoclássico com alguns adornos bizantinos. 

Pagamos 400RUB para entrar na igreja e depois visitar a cúpula.

St. Isaac Cathedral
St. Isaac Cathedral
St. Isaac Cathedral
St. Isaac Cathedral

St. Isaac Cathedral
St. Isaac Cathedral

St. Isaac Cathedral
St. Isaac Cathedral

St. Isaac Cathedral
St. Isaac Cathedral

St. Isaac Cathedral
St. Isaac Cathedral
Catedral de St. Isaac
Catedral de St. Isaac

Gente, é sério, as fotos não são capazes de traduzir o que é esse lugar!!!! 

Depois de muito tempo andando e admirando a catedral, nós fomos para a cúpula, que é do lado de fora (temos que sair para voltar). A Catedral não tem banheiro, mas bem pertinho dela tem um banheiro "público" que custa 30 RUB. 

Subimos então uma escadaria sem fim mas que valeu cada degrau (e olha que são mais de 200!!): a vista é deslumbrante também!

Escada para a cúpula da Catedral de St. Isaac
Escada para a cúpula da Catedral de St. Isaac

Cúpula da Catedral de St. Isaac
Cúpula da Catedral de St. Isaac

Cúpula da Catedral de St. Isaac
Cúpula da Catedral de St. Isaac

Cúpula da Catedral de St. Isaac
Cúpula da Catedral de St. Isaac
Saímos finalmente da Catedral e fomos em direção.... a outra catedral!!!! Dessa vez, a Catedral de Kazan! Fomos para ela pois peguei uma dica de restaurante que ficava em frente a ela.

>Terrassa Restaurante

Esse restaurante fica no alto de prédio e tem uma vista linda para a Catedral de Kazan. Não é exatamente barato, mas é bem acessível, principalmente pelo nível do restaurante. 

Minha mãe e eu já estávamos na rua, então a gente nem se arrumou, mas as pessoas estavam bem arrumadas. Ele fica bem cheio, mas como fomos por volta de 16:00, conseguimos mesa sem problema algum.

Vista da Catedral de Kazan do Restaurante Terrassa
Vista da Catedral de Kazan do Restaurante Terrassa

Para beber eu pedi una berry lemonade e para comer, um frango kiev com purê de batatas e minha mãe pediu uma Pepsi e choppes com batatas e ovo. Tudo estava delicioso!

berry lemonade - Terrassa
berry lemonade - Terrassa

Frango Kiev - Terrassa
Frango Kiev - Terrassa

Chopped com batatas e ovo - Terrassa
Chopped com batatas e ovo - Terrassa

Os 2 pratos são muito bons, mas vem bem pouca comida, principalmente para a gente que sempre divide o prato porque não aguenta comer tudo... impossível dividir qualquer prato na Rússia!

Quem me conhece sabe que eu não sou muito de doce, mas para vocês terem uma ideia de como os doces do cardápio são lindos, eu não consegui resistir e pedi um... aliás, não consegui mesmo e pedimos um para cada uma: crumble de maçã e torta de banana. Confesso, como na maioria dos doces, que eu achei eles mais bonitos que gostosos e também gostei mais do crumble! A conta deu 3500 RUB para nós 2.

Sobremesas - Terrassa
Sobremesas - Terrassa

> Catedral de Kazan (Собор Казанской иконы Божией Матери)

A Catedral de Nossa Senhora de Kazan é um templo ortodoxo que possui esse nome pelo fato de abrigar uma imagem encontrada na cidade de Cazã, apesar da Catedral estar localizada em São Petersburgo. Após as Guerras Napoleônicas, tornou-se um memorial militar para celebrar a vitória russa. Em 1932, já após a Revolução Socialista, que definiu a Rússia como Estado ateu, a Catedral tornou-se um museu das religiões. Foi inspirada na Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Catedral de Kazan
Catedral de Kazan

Dentro da Catedral tinha uma fila enorme para beijar o ícone da Nossa Senhora de Kazan, o mais venerada da Rússia.

Fomos andando então para a Igreja do Sangue Derramado, porém já estava fechada (fecha às 18:00). No caminho para essa Catedral tem muita, mas muita barraquinha vendendo souvenir e se você pechinchar, ainda consegue um preço melhor.

Voltamos andando para o hotel pela Nevsky Prospekt, a rua mais badalada de São Petersburgo. No caminho, paramos numa cafeteria chamada Biblioteka. Minha mãe pediu um chocolate quente que era literalmente uma barra de chocolate derretida. Minha mãe adorou, eu achei muito doce. A conta deu 240RUB.

Chocolate quente da Biblioteka
Chocolate quente da Biblioteka


Entramos também na Zara, porém é muito mais cara que em todos os lugares da Europa que eu já fui.

Nesse dia pedimos comida no próprio hotel: eu pedi um macarrão a carbonara e minha mãe pediu um parmigiana de beringela. Ambos estavam deliciosos! Fomos dormir!

> 2° dia em São Petersburgo

Acordamos, comemos qualquer coisa no quarto do hotel e fomos passear! Eu estava super empolgada afinal era o dia do Catherine Palace (ou Екатерининский дворец)! Esse palácio não fica na cidade de São Petersburgo e sim Tsarskoe Selo/Pushkin, que é o nome da cidade onde fica a vila imperial. Como chegar lá? O que ver?  É tanta coisa que esse Palácio maravilhoso ganhou um post todinho dele! Para ver TUDO sobre ele, é só clicar aqui!

Não vou me estender nesse post para não ficar repetitivo. É só clicar no link que vocês encontrarão tudinho!


Palácio da Catarina
Palácio da Catarina
Saltamos então na Nevsky Prospekt (ao lado da Catedral de Kazan) por volta de 18:00 e estávamos famintas (ainda não tínhamos almoçado!!!!). Entramos na rua da Igreja do Sangue Derramado e sentamos em qualquer lugar! E esse qualquer lugar foi o Stolavaya n° 1! Pedimos 2 hambúrgueres com batata frita e para beber eu pedi um smoothie. O combo do sanduíche vinha com coca cola, mas como eu não estou bebendo refrigerante por causa da promessa... fué fué!

O sanduíche era beeeem meia boca e seco mas o smoothie era delicioso!!! A conta deu 1500 RUB para nós 2. Voltamos andando para o hotel.

No caminho, aproveitamos para ver as atrações na Nevsky:

>Igreja Apostólica Armênia de St. Catarina (Армянская Апостольская Церковь Св. Екатерины)

Igreja Apostólica Armênia de St. Catarina
Igreja Apostólica Armênia de St. Catarina

Igreja Apostólica Armênia de St. Catarina
Igreja Apostólica Armênia de St. Catarina
Eu confesso que não achei nada demais, ainda mais comparada às outras, mas..... minha mãe achou bem bonita!

>Praça da Catarina


Sou realmente fã da Catarina, a Grande e fui lá ver a estátua... minha mãe ficou me sacaneando porque eu queria ver a estátua, mas foi! ahahaahahhaha Essa é a única estátua dela na cidade!

Além da própria Catarina, o monumento também traz as pessoas que estiveram envolvidas em seu governo como amigos, parceiros, amantes, políticos e etc!

Estátua da Catarina - São Petersburgo
Estátua da Catarina - São Petersburgo

Estátua da Catarina - São Petersburgo
Estátua da Catarina - São Petersburgo

Na volta, passamos pelo Palácio de Stroganov, que pelo que eu entendi é um museu e que na hora que passamos estava fechado e no mesmo lugar, vimos um Museu do Chocolate. Entramos também, não sei se era só isso, mas tudo que conseguimos ver foi uma loja de chocolate nada apetitosos!

Aproveitamos que já estava escuro para ver a cidade à noite... e é tão linda quanto de dia!

Catedral de St. Isaac
Catedral de St. Isaac

Palácio Mariinsky
Palácio Mariinsky

Voltamos então a pé margeando o Rio até o hotel e fomos dormir!

Curiosidade: nesse dia meu Garmin marcou 22km de caminhada no total e 29134 passos! Pense!

>3° dia em São Petersburgo


Saímos do hotel e fomos direto para a cereja do bolo: a Igreja do Sangue Derramado.

Fomos a pé mesmo e quando chegamos lá, descobri que só abria as 10:30 (uhuuu). Aproveitando, deixo aqui os horários de funcionamento: Seg - Ter e Qui a Dom de 10:30 às 18:00.

>Igreja do Sangue Derramado ou Спас на Крови

Essa catedral foi construída em 1881 e foi uma homenagem ao Czar Alexandre II, que morreu assassinado no local, vitima de um atentado, daí o nome "Sangue Derramado" ou em inglês "Spilled Blood". Essa igreja também é conhecida como "Igreja da Ressurreição do Salvador". A igreja quase foi destruída duas vezes (oi?): a primeira vez pelos soviéticos que simplesmente pensaram em demolir (oi de novo?) e a segunda vez foi na Segunda Guerra Mundial, que os alemães jogavam bombas em São Petersburgo (oi pela 3ª vez?). Imagina que uma dessas bombas ficou alojada na cúpula da igreja sem explodir (oi 1000x agora?), sem explodir (menos mal!!). Dizem que essa bomba teria destruído TODO o centro da cidade (no more comments!!)!

Na rua da igreja tem milhares de barraquinhas vendendo muito souvenir e se você pechinchar, consegue preços ótimos!!! Não deixe para comprar souvenir em Moscou porque é muito mais caro!

Pagamos 250 RUB/pessoa para entrar!

Confesso que nunca vi nada igual na vida! É deslumbrante!!

Igreja do Sangue Derramado
Igreja do Sangue Derramado

Igreja do Sangue Derramado
Igreja do Sangue Derramado

Igreja do Sangue Derramado
Igreja do Sangue Derramado

Igreja do Sangue Derramado
Igreja do Sangue Derramado

Igreja do Sangue Derramado

Igreja do Sangue Derramado
Igreja do Sangue Derramado
Fomos então a pé para mesquita.

>St. Petersburg Mosque ou Санкт-Петербургская соборная мечеть

Infelizmente a mesquita estava fechada para reforma até o próximo verão, então tivemos que nos contentar de ver por fora.

Fomos ao banheiro (para garantir rs) and guess what?? É igual ao banheiro da China!!! Remember?? Não?? Então vou por o link aqui!!!

St. Petersburg Mosque
St. Petersburg Mosque


St. Petersburg Mosque
St. Petersburg Mosque

St. Petersburg Mosque
St. Petersburg Mosque



St. Petersburg Mosque - banheiro
St. Petersburg Mosque

St. Petersburg Mosque - informações de trajes para entrada
St. Petersburg Mosque - informações de trajes para entrada

Saímos então da mesquita e fomos andando em direção ao Hermitage.

No caminho, paramos no Burger King para almoçar porque estava chovendo MUITO! Pedimos uma promoção com cheeseburger, nuggets, batata frita e bebida por 200 RUB.

Quando saímos ainda estava chovendo muito, então pegamos um taxi. O táxi deu 1100 RUB para andar no máximo 2km (oi?)!! O taxímetro começou em 50RUB mas foi "andando" muito, mas muito rápido!!!! Me senti vingada (não sei se é essa a palavra) por todos os gringos que já foram roubados por taxistas no Brasil. Enfim... fazer o que né?

Finalmente chegamos no Hermitage e a chuva já tinha parado...

Hermitage - São Petersburgo
Hermitage - São Petersburgo

IMPORTANTE: O Hermitage não abre às segundas-feiras.

Não sei o que me deu na cabeça pra comprar a entrada do Hermitage para 2 dias (oi?). Eu não sou a maior fã do mundo de museus!!!! Enfim... comprei pela internet para não pegar fila - li que as filas são imensas e com o Ticket online, não precisamos encarar essas filas, assim como com excursão. Comprei o Ticket direto no site do Hermitage.

Entramos no Hermitage por uma entrada especial pois nosso Ticket era online. Tivemos que deixar, mais uma vez, a mochila e os casacos no cloakroom. O Hermitage é na verdade um complexo com vários "pavilhões" interligados que vc nem percebe que está trocando de um para o outro (por dentro). São eles: o Palácio de Inverno (residência dos Czares Russos até a chegada do regime comunista - muito falado no livro "Catarina"), o Grande (Velho) Hermitage (construído por Catarina II para ser a biblioteca do palácio e onde estão localizadas as famosas Raphael Loggias), o Pequeno Hermitage (um anexo ao Palácio de Inverno) e o Novo Hermitage (esse foi construído por Nicolau I para abrigar a coleção do museu).

Hermitage
Hermitage

Esse museu possui uma das maiores e mais importante coleções de arte do mundo, exibindo diversos Rembrant, Matisse, Leonardo DaVinci, Renoir, entre muitos outros.... A grande responsável pelo nascimento do museu Hermitage foi Catarina II, que sempre foi uma grande admiradora e quem comprou as primeiras obras. Comprar obras de arte em seu reinado era quase uma obrigação.

Os museus de São Petersburgo (assim como o Hermitage) são muito especiais e por isso merecem um post só para falar deles!

O que você não pode deixar de ver:
o Palácio de Inverno por fora (fachada), escadaria principal, salões de baile, o trono do czar, o Peacock Clock (esse relógio merece uma atenção especial... ele é simplesmente maravilhoso!!! É um pavão perfeito!! Não conseguimos ver ele funcionando, somente por vídeo, mas deve ser incrível!), Raphael Loggias (uma galeria que tem réplicas perfeitas dos afrescos do Vaticano)!


Hermitage - São Petersburgo


Trono do Czar - Hermitage
Trono do Czar - Hermitage
Fiquei encantada pelos pisos!!! São lindos!!!


Trono do Czar - Hermitage
Trono do Czar - Hermitage

Hermitage
Hermitage

Hermitage
Hermitage

Peacock Clock - Hermitage
Peacock Clock - Hermitage

Peacock Clock - Hermitage
Peacock Clock - Hermitage

Hermitage
Hermitage

Hermitage
Hermitage

Galeria Raphael Loggias - Hermitage
Galeria Raphael Loggias - Hermitage

Leonardo DaVinci
Leonardo DaVinci
Esses artistas todos que a minha mãe queria de fato ver - Matisse, Renoir, Van Gogh, Monet que fazem parte do impressionismo, eu acho - estavam em outro complexo chamado Old Staff Building. Fomos até lá e agora sim minha mãe ficou horas observando e admirando as pinturas! Estavam todos lá! srsrs Eu fiquei sentada enquanto minha mãe via os quadros (não me julguem!!).

Old Staff Building - Hermitage
Old Staff Building - Hermitage
Quando saímos estava garoando. Fomos então almoçar no caminho de volta para o hotel... ja estava super tarde de novo!

Paramos então no Jérôme para almoçar (já eram 17h30!! uuuuuuiiiiii). Eu pedi uma massa com 2 queijos e pimenta preta e minha mãe pediu umas lâminas de seta com cenoura e molho.

Massa com 2 queijos e pimenta preta
Massa com 2 queijos e pimenta preta

Lâminas de steak com cenoura
Lâminas de steak com cenoura
De sobremesa pedimos um "signature snickers" que vem com sorvete de paçoca e mousse de chocolate. Delicioso!!!! Fiquei com vontade de experimentar todas as sobremesas (vaaaaaai gordinha) do cardápio, mas infelizmente eu não nasci magra, então me contentei com uma!
A conta deu 1850RUB para nós 2.

Voltamos então para o hotel para tentar dormir cedo... obvio que não conseguimos mas....

>4° dia em São Petersburgo


Acordamos cedo (na medida do possível), tomamos café no quarto e zarpamos para rua!

Fomos andando do hotel para a ilha Vasilyevsky. Não é pertinho, mas dá perfeitamente para ir a pé! 

>Ilha Vasilyevsky

Essa ilha é especial pois tem uma vista fantástica para o Palácio de Inverno e para a Catedral e Fortaleza de São Pedro e São Paulo, que ficam em outra ilha - ilha Zayachy.

Pontos mais importantes da ilha: esfinges do século XV aC encontradas em Tebas no Egito em meados do século XIX, as colunas rostrais que são vermelhas e parecem faróis.

Logo que vc atravessa a ponte, a direita, vc encontra as esfinges.

Esfinges - São Petersburgo
Esfinges - São Petersburgo

Esfinges - São Petersburgo
Esfinges - São Petersburgo
Andando pela margem do rio, vc chega nas colunas rostrais e no maravilhoso Point of View do Palácio de Inverno. O dia estava horroroso (como todos os outros) e eu achei lindo, fiquei imaginando como ficaria com um céu azul maravilhoso!

Margem do Rio
Margem do Rio

Vista do Palácio de Inverno
Vista do Palácio de Inverno

Colunas Rostrais
Colunas Rostrais
Continuamos andando pela margem do rio para ir a Catedral e Fortaleza de Pedro e Paulo. A princípio iríamos de ônibus, porém não consegui encontrar o ponto que estava falando no google Maps, então resolver ir a pé mesmo. Tava dando 2km pelo Maps.me, mas foi uma caminhada super agradável, nem sentimos passar!

Chegando na Fortaleza de Pedro e Paulo
Chegando na Fortaleza de Pedro e Paulo

>Fortaleza de Pedro e Paulo ou Петропавловская крепость

A fortaleza foi feita por Pedro, o Grande na Ilha de Zayachiy em 16 de maio de 1703. A construção da igreja de Pedro e Paulo começou em 29 de junho no mesmo ano. Em 1712-1732 foi substituída por uma catedral de pedra. O arquiteto Domenico Trezzini conduziu as construções por quase 30 anos. Hoje em dia, várias organizações compartilham a Ilha Zayachiy: o Museu Estadual da História de São Petersburgo, a Casa de São Petersburgo e outros

Logo de cara, ao entrar na Fortaleza, encontramos a Catedral linda!

Catedral de Pedro e Paulo
Catedral de Pedro e Paulo
Pegamos 600 RUB em um ticket que tinha direito a entrar na catedral e em mais 4 lugares: Comandant´s House, Neva Curtain Wale, Prision e Ioannovsky Ravelin. Além disso, ao meio dia o canhão de uma praça dispara! Como eram 11:30 ainda, resolvemos andar pela ilha pois não ia dar tempo de ir na Catedral.

Fortaleza de Pedro e Paulo
Fortaleza de Pedro e Paulo
 Já era perto de meio dia e voltamos para a praça para ver o canhão.


Acho legal e que vale a pena vc se programar para estar nessa praça ao meio-dia para ver os canhões, mas se vc não conseguir, também não acho que seja imperdível.

Finalmente fomos então para a Catedral de Pedro e Paulo.

A catedral, construída entre 1712 e 1733, é um monumento barroco petrino desenhado por Dominico Trezzini. Era a necrópole da dinastia Romanov. Pedro o Grande e todos os governantes russos (exceto Pedro II e Ivan VI) foram enterrados aqui. A capela de enterro do Grande Ducal desenhada por David Grimm, Anton Tomishko e Leonty Benois foi construída entre 1896 e 1908 como o sepultamento para os membros não coroados da família real. Uma cruz com a figura de um anjo coroa o campanário, que é de 122,5 metros de altura. O campanário abriga a exposição "Three Centuries above the City"

Catedral de Pedro e Paulo
Catedral de Pedro e Paulo

Catedral de Pedro e Paulo
Catedral de Pedro e Paulo

Catedral de Pedro e Paulo
Catedral de Pedro e Paulo

Catedral de Pedro e Paulo
Catedral de Pedro e Paulo

Catedral de Pedro e Paulo
Catedral de Pedro e Paulo

Catedral de Pedro e Paulo
Catedral de Pedro e Paulo
Acabou que só entramos nessa Catedral e não vimos mais nada, então não compensou ter comprado o ticket que dava direito a tantas atrações. Era melhor tem comprado somente a entrada da catedral. Além das 5 atrações incluídas na entrada, a fortaleza tem várias outras atrações que vc pode comprar a entrada na hora. 

Para irmos embora, o local que eu peguei no google Maps, mais uma vez, o Maps.me não estava encontrando. Então começamos a andar e andar... mas minha mãe já estava muito cansada, então resolvi ligar o 3G do celular e pedir um uber! Esse dia foi um divisor de águas porque o uber é SUPER MEGA barato a beça (ainda fiquei com mais raiva do outro motorista de táxi). Apareceu no meu celular depois que o uber deu US$2,00!

Saltamos no Palácio Yusupov, que a princípio pensamos em entrar, porém ele estava todo em obra e acabou que não conseguimos. O Palácio é lindo por fora e imagino que seja lindo por dentro também.

Fomos andando então para o Teatro Mariinsky, do antigo ballet Kirov.

>Teatro Mariinsky


Teatro Mariinsky
Teatro Mariinsky
Fomos andando então em direção a uma igreja que eu acredito que seja a Igreja de São Nicolau, porém no caminho começou a chover MUITO, então entramos em um restaurante chamado Vincent para almoçar. Uma gracinha o restaurante. Pedimos 2 lasagnas à bolonhesa, que eram minúsculas, mas estavam gostosas. De sobremesa pedimos um bolo de chocolate quente com sorvete de baunilha e um mil folhas. Mais uma vez, todas as sobremesas eram bem apetitosas. A conta de 2100RUB.

Vincent Restaurant - São Petersburgo
Vincent Restaurant - São Petersburgo

Sobremesas Vincent Restaurant - São Petersburgo
Sobremesas Vincent Restaurant - São Petersburgo



Chamamos então novamente um uber pois ainda chovia muito e novamente o uber deu em torno de US$3,00 até o hotel.

Esse dia foi super especial pois foi o dia do ballet. Um dos meus sonhos (pq são muitos né?! ahhahahahahha) era assistir ao ballet Bolshoi, mas estava caríssimo (o ingresso mais barato era US$450 no dia que abriu), então fui procurar o ballet Kirov e descobri o ballet no teatro Mikhailovsky. No Mariinky estava passando Dom Quixote e no Mikhailovsky estava passando Cinderella. Como eu sou Disney Manic, eu optei por ver Cinderella. Comprei o ingresso online pelo site do Teatro Mikhailovsky e pagamos em junho 3000RUB pelo ingresso se não me engano (viajei em setembro).

E finalmente esse dia chegou!! Levei até um salto alto para a ocasião!! uiiiiiii

Fomos pro hotel para nos arrumarmos e pegamos um Uber até o Teatro. Só o Teatro já é lindo!

Teatro Mikhailovsky
Teatro Mikhailovsky
O teatro todo é deslumbrante! Confesso que não achei que deixasse nada a desejar para o Theatro Municipal do Rio de Janeiro, mas ainda assim eu fiquei encantada e a peça nem tinha começado ainda!

Teatro Mikhailovsky
Teatro Mikhailovsky

Teatro Mikhailovsky
Teatro Mikhailovsky

Teatro Mikhailovsky
Teatro Mikhailovsky
Teatro Mikhailovsky
Teatro Mikhailovsky

O ballet foi simplesmente deslumbrante! As roupas são lindíssimas, cheias de detalhes, os bailarinos são maravilhosos, enfim, amei tudo!! Deu até vontade de chorar quando começou!

Cinderella - Teatro Mikhailovsky
Cinderella - Teatro Mikhailovsky

Saímos do teatro às 22:30 e ele estava lindo todo iluminado!!

Teatro Mikhailovsky
Teatro Mikhailovsky
Pegamos um uber novamente e voltamos para o hotel.

>5° dia em São Petersburgo

Acordamos relativamente tarde pois a primeira balsa para o Peterhof somente sairia às 11:00 segundo informações do hotel.

Quando eu estava planejando a viagem, como vcs devem se lembrar do post "Como planejar uma viagem para Rússia - Parte 1 e Parte 2", eu entrei em todos os sites possíveis e imagináveis e nesse meio, obviamente, entrei no site do Peterhof para saber se teria alguma atração. E tinha. Eu vi que nos dias 15 e 16 de setembro teria o Multimedia performance: "walking on the seas" - Festival of Fountains. Na minha cabeça eu imaginei que seria um "show das águas", com as várias fontes fazendo várias estripulias e resolvi garantir logo o ingresso pelo site que foi 1000RUB para cada uma.  Guardem essa informação.

Minha ideia inicial era chegar cedo no Peterhof, conhecer tudo lá e ficar para o show às 21:00. Minha mãe ponderou comigo que pegar a primeira balsa seria muito cedo e ficaríamos muito tempo lá dentro além de ficarmos muito cansadas para o evento à noite, então resolvemos pegar a barca por volta de 13:30.

A princípio decidimos ir à Igreja de São Nicolau que não tínhamos conseguido ver no dia anterior, mas quando saímos estava um vento muito frio, e resolvi voltar para pegar um casaco até porque ficaríamos no Peterhof até sabem os Deuses que horas.

Nesse meio tempo, resolvemos não sei porque ir direto para o Hermitage para almoçar por lá e já ficar para pegar a balsa.

Sentamos no Gorokhov para um brunch porque ainda eram 11:30 da manhã. Pedimos toast of rye bread e potato pancakes with bacon and sour cream.

Toasts of Rye Bread
Toasts of Rye Bread

Potato Pancake with bacon and sour cream
Potato Pancake with bacon and sour cream

Tudo muito, muito muito gorduroso e olha que pra eu falar isso é porque o negócio tá sério! A conta deu 1500RUB para nós 2.

>Como chegar no Peterhof

Fomos então para a estação das barcas, que fica exatamente atrás do Hermitage (é muito fácil de achar) e descobrimos que não tinham barcas nesse dia devido ao show à noite. Que o Peterhof simplesmente estava fechado e essa informação não estava em nenhum lugar no site no dia que eu comprei! Olha que bacana! Fiquei muito bolada, mas não havia o que fazer... esse era o último dia em São Petersburgo e tive que lidar com isso. Compramos então a barca mais cedo que tinha, que era às 17:30 e para voltar, voltaríamos de ônibus. Já fiquei nervosa de novo! A balsa foi 800RUB para cada uma. É bem mais cara que o ônibus mas todo mundo falou que vale a pena!

Ficamos por ali tirando umas fotos na beirada do rio e aproveitando o céu azul entre uma pancada de chuva e outra...

São Petersburgo
São Petersburgo

Resolvemos então voltar para o hotel para fazer hora e arrumar logo as malas. Pegamos então novamente um uber e fomos para o Hydrofoil (barca) por volta das 17:00. Entramos na barca e ela saiu logo em seguida, bem antes das 17:30.

A barca levou 35 minutos até o Peterhof e chegamos lá com chuva!

Hydrofoil para o Peterhof
Hydrofoil para o Peterhof
A chegada no Peterhof é linda! E ainda fomos recebidas com um lindo por do sol e um arco-íris!

Chegada no Peterhof
Chegada no Peterhof

Chegada no Peterhof
Chegada no Peterhof
Não precisamos comprar ticket pois já tinha comprado pela internet, porém dava para comprar na hora!

O Peterhof começou a ser construído por Pedro o Grande em 1714, às margens do Golfo da Finlândia. Ele veio antes do Palácio de Inverno. A ideia de Pedro o Grande era que o local se parecesse com o Palácio de Versailles, mas na minha humilde opinião ele é muito, mas muito mais bonito que o de Versailles! O que eu achei mais legal é que todas as fontes funcionam por gravidade, sem a ajuda de bombas! A água vem das nascentes naturais reservadas nos Jardins Superiores e a diferença de altitude gera a pressão que ativa as fontes dos Jardins Inferiores!

O Palácio Principal foi reformado e ampliado a mando de sua filha, a Imperatriz Elizabeth (a que gosta de ostentar!), pois Pedro o Grande tinha um estilo mais humilde e é possível notar isso aqui. Na sua época, o Palácio Principal somente era usado para recepções, enquanto ele próprio morava em um edifício chamado "Monplaisir", menor e modesto, em estilo holandês, com tijolos à vista e móveis de madeira.

Peterhof
Peterhof

Peterhof
Peterhof

Logo que chegamos, fomos procurar alguma coisa para comer e tinha um monte de "padrão". Pedi um cachorro-quente e minha mãe pediu um hamburguer. Engraçado é que o desenho de ambos tinha queijo, mas na hora de pagar, a moça do caixa foi perguntando quantas fatias de queijo queríamos e adicionando 45RUB por cada uma. A conta deu 895RUB tudo.

Peterhof
Peterhof
Fomos então andar pelos jardins inferiores que eram lindos!

Peterhof
Peterhof
Quando chegamos em frente ao Palácio, ele é realmente tudo isso e mais um pouco! Tinham vários lugares fechados por causa do show e muita, mas muita gente... tipo réveillon em Copacabana... e o pior, não parava de chegar mais e mais gente! A única coisa que eu conseguia pensar era como íamos sair dali de ônibus!

Peterhof
Peterhof
O por do sol foi lindo demais!

Por do Sol no Peterhof
Por do Sol no Peterhof

Por do Sol no Peterhof
Por do Sol no Peterhof
Já eram quase 20:30 quando fomos buscar nosso lugar ao sol, ou nesse caso, perto do telão, porque perto da fonte principal era impossível.

Peterhof
Peterhof
Finalmente começou o show!! Tava um vento bem frio e como eu disse, tava muito cheio! O show começou com muitos fogos de artifícios e um filme no telão... and GUESS WHAT AGAIN: TUDO EM RUSSO E SEM LEGENDA!! Eles contam um história enorme, e no meio dessas histórias tinham umas apresentações em um palco que não conseguíamos ver nada, somente pelo telão e ainda assim estava bem ruim. Resumindo: estávamos passando um frio danado, vendo uma coisa que não estávamos entendendo nada e ainda pensando em como esse povo todo iria sair dali.

Quando foi por volta de 22:00, eu perguntei à minha mãe se ela tava gostando ou se ela queria ir embora e na hora ela respondeu que queria! Nem titubeou!

Subimos então uma escada e eu chamei um uber, exausta! O uber tava dando 832 RUB (esse trecho tinha mais ou menos 23km - mais uma vez lembrei do taxista e desejei que ele fizesse um bom proveito do dinheiro que nos roubou! hunf! como já dizia Ana Carolina "que façam bom proveito da grana que roubaram porque eu trabalho e outro dinheiro eu vou ganhar", mas a revolta foi grande!).

Chegamos no hotel uns 40 minutos depois e fomos dormir exaustas!

>6° dia em São Petersburgo

O lingotaxi buscou a gente no hotel às 11:40 e nos levou para a estação de trem. Nosso trem para Moscow era às 13:30. Pagamos 1000RUB. Esse post continua no "4 dias em Moscow - Rússia" (coming soon).

>>Finalizando

Bom people, essa foi minha aventura em São Petersburgo (e põe aventura nisso!! ufa!!). Espero muito que tenham gostado e principalmente que tenha ajudado a não cometer os mesmos erros que eu cometi! Vejo vocês em Moscou!!!!

See ya!

Me acompanhe no instagram @maquiadoraviajante e siga minha página no facebook Maquiadora Viajante por Laura Lamas!


Você também pode se interessar:












2 comentários

  1. São Petersburgo é uma cidade que há muito quer visitar. Gostei muito do teu roteiro, pena o imprevisto com o hotel, mas enfim, são coisas de viagens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é uma das cidades mais lindas que eu já visitei!! Obrigada pelo comentário e feedback! =D

      Excluir